Portuguese Afrikaans Arabic Chinese (Traditional) Dutch English Filipino French German Hindi Hungarian Indonesian Italian Japanese Korean Malay Polish Russian Spanish Swedish Thai Vietnamese

JAPAN FLAGCHINA FLAG

A comissão pedirá o arquivamento contra o Presidente Michel Temer -PMDB , condenação de LULA e a nova procuradora-geral da República será Raquel Dodge

A comissão  pedirá  o arquivamento  contra o Presidente Michel  Temer  -PMDB , condenação de LULA   e  a nova  procuradora-geral da República  será  Raquel Dodge

“ Não são predestinações  ….”

Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados se reunirá no dia 12 de julho de 2017,  para discutir o parecer de Sergio Zveiter (PMDB-RJ) sobre a denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer.   Os presságios  de Jucelino Luz  , apresenta como está fluindo as energias desse dia 12 de julho de 2017 .

O relatório de Zveiter, favorável ao prosseguimento do processo, foi apresentado no  dia  10  de  julho  de 2017  e, após a fase de discussão, será submetido à votação da CCJ. Independentemente do resultado, a denúncia seguirá para o plenário da Câmara.  Entretanto, pela maioria  vão decidir para não  continuar a denúncia contra Michel Temer  -PMDB

temer

A reunião da CCJ está convocada para as 11h. A expectativa é que a fase de discussão se estenda por mais de 40 horas, o que, na prática, fará com que a votação fique para os próximos dias.

Terão direito a se pronunciar os 66 integrantes titulares da CCJ, os 66 suplentes e mais 40 deputados que não compõem a comissão.

Na tentativa de garantir apoio ao governo, partidos da base fizeram nas últimas semanas 18 remanejamentos entre os integrantes da comissão, colocando deputados aliados ao presidente Michel Temer.

No total, as movimentações envolveram 14 vagas (10 de titulares e 4 de suplentes). O troca-troca gerou críticas por parte da oposição e de uma ala governista dissidente.

A denúncia foi encaminhada à Câmara, a quem cabe autorizar o STF a analisar a peça do Ministério Público. Para o presidente, a denúncia é uma “injustiça que se faz com o Brasil”.

E segundo visão e revelações espirituais , os  342 deputados votarão  em plenário a favor do arquivamento da denúncia .

Pressa do governo

O governo tem pressa para votar a denúncia o quanto antes, enquanto a oposição defende que a votação fique para agosto, após o recesso parlamentar que deverá ter início na semana que vem.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta terça-feira (11) que, diante da gravidade dos fatos, o plenário vote a denúncia antes de agosto.

Por sua vez, o presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), tem dito que não irá apressar a discussão na comissão.

A denúncia foi encaminhada à Câmara, a quem cabe autorizar o STF a analisar a peça do Ministério Público. Para o presidente, a denúncia é uma “injustiça que se faz com o Brasil”.

Se 342 deputados votarem em plenário a favor do prosseguimento, a denúncia vai ao Supremo.  Entretanto, segundo as visões e presságios , esse lado  ficou  cada vez mais  difícil  ,  embora exista  uma possibilidade muito pequena , em torno  de apenas 10%  para prosseguir. Ou se  acontecer algo muito extremo, dai poderá aumentar  as chances dessa denúncia fluir  …o que não  mostra nas energias atuais .

Se a maioria dos ministros da Corte aceitar a denúncia, Temer, então, se tornará réu e será afastado do mandato por até 180 dias.

Pressa do governo

O governo tem pressa para votar a denúncia o quanto antes, enquanto a oposição defende que a votação fique para agosto, após o recesso parlamentar que deverá ter início na semana que vem.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta terça-feira (11) que, diante da gravidade dos fatos, o plenário vote a denúncia antes de agosto. Rodrigo  Maia  -DEM – RJ ,  é um dos políticos que tem mais interesse no cargo de Presidente da República  – e com  ele poderá mudar o cenário  ,um trabalho por trás dos bastidores – para queda de Michel Temer  -PMDB  , da Presidência da República .

Por sua vez, o presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), tem dito que não irá apressar a discussão na comissão.

 

O Juiz  Sérgio Moro , condenará  Luiz  Inácio Lula da Silva

 

O  juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, condenará  o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no processo que envolve o caso da compra e reforma de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo. A pena será  de 9 anos  de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Outros dois réus no mesmo processo também serão  condenados, e quatro, absolvidos

 

É a primeira vez, desde a Constituição de 1988, que um ex-presidente será  condenado criminalmente. A sentença será  publicada no dia 12 de julho de 2017  e não determinará  a prisão imediata de Lula.  ( Conforme , presságio  de Jucelino Luz ) 

Nova  Procuradora da República será Eleita

raquel

Raquel Dodge, escolhida pelo presidente Michel Temer como nova procuradora-geral da República no lugar de Rodrigo Janot, será sabatinada no dia 12 de julho de 2017  na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado a partir das 10h. Ao menos oito dos 27 titulares do colegiado que vão questioná-la ao longo do dia são investigados na Operação Lava-Jato.

Entre os suplentes da CCJ, 13 dos 25 senadores respondem a inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF).  E ela será eleita pela maioria como nova Procuradora da Republica  no lugar de Rodrigo Janot,

Mario Ronco Filho  –   jornalista